fbpx
facebook Empreender a si mesmotwitter Empreender a si mesmogoogle_plus Empreender a si mesmolinkedin Empreender a si mesmomail Empreender a si mesmo

Você já tentou empreender a si mesmo e ficou frustrado com os resultados que obteve?

Isso é normal e talvez esse post possa te ajudar.

Primeira coisa importante de você saber: qualquer ação de empreender a você mesmo (projeto, atividade, trabalho ou um negócio) são processos de mudança e, por isso, você irá necessariamente passar pelos estágios da mudança e aprendizagem: negação, raiva, barganha, depressão. Sendo assim, se você estacionar na raiva e desistir, provavelmente você irá se sentir frustrado mais pelo processo emocional da mudança do que pelos seus resultados obtidos com o que você tentou. Então, a dica número 1 é: esteja atento aos seus sinais emocionais e seja empático com você mesmo. Raiva, culpa e desânimo fazem parte desse processo e irão oscilar bastante.

Entenda a sua emoção, respire fundo e siga adiante. Agora não é hora de parar.

Segunda dica e, talvez, a mais importante: você irá falhar! Isso é uma certeza e não uma possibilidade. Entre alguns acertos estarão algumas falhas. A cada falha um estado emocional de mudança (veja acima novamente). Ainda não é hora de desistir! Não tem como você tentar algo novo em sua vida ou trabalho esperando ter somente sucesso e feedbacks maravilhosos. Seja mais gentil consigo mesmo. Olhe para os seus erros, escreva-os no papel, avalie como pode fazer diferente e tente outra vez.

Terceira dica: planeje o que você vai empreender e comece por passos pequenos, ou melhor, ações pequenas e contidas. Por exemplo: divida a sua nova atividade ou fase de vida em passos sequenciais. Para isso você pode:

1)     Utilizar uma ferramenta chamada mind map para levantar o que envolve o seu processo de empreendedorismo pessoal (vou escrever sobre isso em outro blog)

2)     Depois de ter listado tudo o que envolve esse processo, coloque o passo a passo. O que vem primeiro? Quando você irá fazer? Como irá fazer? Faça e veja como foi.

3)     Siga em frente. A cada passo o medo vai chegar e dizer que você não é capaz. Isso são os modelos mentais falando com você. Nessa hora você irá sentir novamente a curva da mudança chegar. Saia dela. Respire. Planeje o passo 2.

4)     Faça seu planejamento primeiro com pessoas próximas e depois estenda para outros grupos. Isso se chama MVP (você pode procurar por essa ferramenta também).

Dica 4: Propósito. Esteja muito certo do porque você está querendo empreender isso. Se for um comportamento, porque você quer mudar? Se for uma ação ou negócio a pergunta é a mesma. Qual o seu motivo? Escreva em um post it e cole por todos os lados. Isso te ajuda a permanecer com foco e não desistir.

Dica 5: Perseverança. Saiba que falhar faz parte do processo e isso não faz de você um fracasso ou incompetente. É preciso coragem e perseverança para mudar! Avalie as suas expectativas e se precisar peça ajuda de um profissional para te ajudar nesse processo.

Se você quiser, temos um vídeo que pode te ajudar em nosso canal do youtube

 

Comentários